quinta-feira, 22 de setembro de 2022

"Como Funciona a Professora"

Texto: Susanna Mattiangeli | Ilustração: Chiara Carrer 

 Edição: Livros Horizonte

" A professora tem a parte da frente, que é aquela que costumamos ver, e uma parte de trás que se vê quando se vira. 

Em cima da professora está o teto da sala, ou o céu quando se está ao ar livre. 

Em baixo da professora está o chão, ou a gravilha, ou a rua. à volta da professora estão as crianças, às vezes em fila às vezes em círculo, de pé ou sentadas. Há professoras compridas e professoras curtas. Professoras largas e finas. Professoras escuras, claras, com o cabelo encaracolado, liso, às bolinhas,às flores, em espirais, em xadrez e em vários padrões. Até às riscas e quadriculadas, como é óbvio. (...)"

Mas afinal o que há dentro das professoras?

domingo, 11 de setembro de 2022

O Ganso Vai à Escola de Laura Wall

 

Autor: Laura Wall | Edição: Zero a Oito


As grandes amizades nascem onde menos se espera. Desde que se viram pela primeira vez, a Sofia e o Ganso tornaram-se inseparáveis e para sempre os melhores amigos.

 O Ganso queria ir para a escola com a Sofia. Afinal, os melhores amigos deviam passar o dia juntos, mas a mãe não concorda. Como será que o Ganso vai conseguir resolver este problema?

Idade recomendada: até 6 anos

sexta-feira, 2 de setembro de 2022

Não Quero ir à Escola!

Autor: Marie Bertin | Edição: Edições Asa

"- NÃO! Não quero ir à escola!

- Mas porquê?

- Porque tu não vais estar lá comigo! (...)"

Há uma fase no crescimento das crianças em que elas, para construirem a sua autonomia e afirmarem a sua personalidade, dizem com bastante frequência a palavra "NÃO".

Qualquer pai ou mãe sabe do que se trata. Mas saberão lidar com os casos concretos do dia-a-dia?

Este livro apresenta alguns dos melhores argumentos das crianças para não irem à escola e os contra-argumentos que os adultos podem usar para as convencerem do contrário.

Dicas simples e úteis para desmanchar desculpas e suavizar birras!

sexta-feira, 29 de julho de 2022

Férias e boas leituras!...

E

BOAS LEITURAS!...

CLARA Que Belo Dia de Sol!

 Texto:Émilie Chazerand | Ilustração: Amandine Piu | Edição: Booksmile

"A Clara está a passar férias na casa de praia dos avós. Ela construiu um enorme castelo de areia com o avô.
- Bravo! - disse a avó, enquanto tirava muitas fotografias.

Depois de todo aquele trabalho, a Clara tem muito calor e vai a correr para o mar.

Quando chega à água, repara que há uma pequena medusa a flutuar. 

A Clara recua, porque a medusa pica quando se toca nos seus tentáculos, e isso arde!(...)"

A Clara foi de férias com os avó se tem tudo o que precisa para se divertir. Tudo...  menos uma luz de presença para dormir. É que a Clara tem muito medo do escuro! Mas talvez a pequena e solitária Medusa que ela conhece no mar possa ajudá-la a afastar os pesadelos. Ela até brilha no escuro...

"CLARA Que Belo Dia de Sol! - faz parte de uma coleção de histórias simples e repletas de ilustrações coloridas.

A protagonista é uma menina muito reguila e divertida, que vive as situações normais de qualquer criança.

Sonha, brinca, apanha piolhos, tem medos, alegrias e alergias, chateia-se com os pais, faz as pazes…

Mas a Clara tem um dom muito especial: ela fala a língua de todos os animais e isso permite-lhe viver grandes e divertidas aventuras.

Com ilustrações super atrativas e temáticas com que as crianças se identificam, estes livros de capa promovem a imaginação e o faz-de-conta, num formato perfeito para as mãos pequeninas de crianças em idade pré-escolar e de primeiro ano.

Idade recomendada: + 4 anos.

quinta-feira, 21 de julho de 2022

"Não é justo!"

 

Texto: Pippa Goodhart |Ilustração:Anna Doherty | Edição: Nuvem de Letras 

"- Oooh, uma pereira cheia de fruta! - disse a Lebre. 

- Gostava de comer uma daquelas peras. 

B O I N G ! B O I N G ! 

A Lebre saltou, saltou, mas...

- Ora Bolas! - exclamou a Lebre.

- A-ha - disse o Urso.

- Olha tantas peras para mim!

Vou conseguir apanhá-las facilmente.

Só que, na verdade...(...)"

A Lebre e o Urso não conseguem chegar às peras. A árvore é demasiado alta!

Por isso, decidem ir buscar umas cadeiras.

A Lebre fica com duas, mas só dá uma ao Urso. Será justo?

Uma história simples mas divertida para abordar o tema da 

partilha e da equidade com os mais pequenos.

 Idade recomendada: + 4 anos

segunda-feira, 11 de julho de 2022

"Acho que posso ajudar"

 Texto: David Machado | Ilustração:Mafalda Milhões | edição: Nuvem de Letras

"O vento começou a soprar de noite.
Quando a manhã chegou, o vendaval levantava cabelos, folhas de jornais e até os cães mais pequenos. A minha avó queixou-se de que não podia sair à rua porque o seu penteado nunca sobreviveria. Eu pensei: ACHO QUE POSSO AJUDAR.
Porque eu gosto de ajudar. E eu sei que só tenho oito anos, mas isso é outra história.(...)"

Uma história ao mesmo tempo divertida e poética, dos conceituados autores David Machado e Mafalda Milhões, que lança o importante tema da ajuda ao próximo. 

Este livro faz parte do PNL - recomendado para o 3.º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada.

sexta-feira, 8 de julho de 2022

"Mas o Que É Isto?"

      Texto: Raphael Martin | Ilustração: Claire Schvartz | Edição:Lilliput

Descobre as formas enigmáticas da natureza!

É mesmo um balão que está pendurado na árvore? Não, não é!

Tem muito cuidado, pois trata-se de um ninho de vespas asiáticas!

E ali, é mesmo um pedaço de lama colado ao telhado? Sim, é.

Mas atenção, pois também é o abrigo de passarinhos muito frágeis, as andorinhas.

Se observarmos com atenção o ambiente à nossa volta, percebemos que a natureza está repleta de mistérios e de formas enigmáticas que facilmente nos iludem. Este livro desperta-nos para esses segredos ocultos. Um objeto elegante e original, que estimula a brincadeira ao ar livre, proporcionando divertimento e interação entre pais e filhos.

Idade recomendada: + 6 anos

sexta-feira, 1 de julho de 2022

Espreita - Perguntas e Respostas sobre Dinossauros

 
Texto: Katie Davnes | Ilustração: Marie-Eve Tremblay | Edição: Porto Editora
   
Quando? Quem? Como? Onde? Porquê?
 
Os dinossauros cheiravam mal? Conseguiam nadar? Tinham orelhas? Que som faziam? 

Descobre as respostas a estas e muitas outras perguntas neste divertido livro com mais de 60 abas para explorar.

Se queres saber mais sobre dinossauros, procura também o livro "Espreita o Mundos dos Dinossauros", também da Porto Editora.

quinta-feira, 30 de junho de 2022

"O Mundo dos Dinossauros"

Na festa de final de ano letivo o JI da Gandra apresentou o projeto 

"O Mundo dos Dinossauros"

        

Tudo começou, ainda início do ano letivo, quando uma criança da sala da Educadora Fernanda trouxe uma caixa com bonecos da Pré-História. 

Cada criança foi expondo a sua curiosidade e de pergunta em pergunta, foram recuando até à época dos Dinossauros. Posteriormente, surgiram diversas atividades relacionadas com o tema do interesse do grupo, uma delas foi "brincar aos exploradores". 

Brincar a aprender, aprender a brincar...

Parabéns às crianças, parabéns à educadora Fernanda!

sábado, 25 de junho de 2022

"O Fio Invisível"

 

Texto:Miriam Tirado | Ilustração: Marta Moreno | Edição: Nuvem de Letras

A Sara descobriu o segredo que o umbigo guarda. Agora já sabe que do umbigo sai um fio invisível que a une a todas as pessoas que ama: a mãe, o pai, os avos, os tios, os primos, os amigos. Nunca mais terá medo quando não estiver junto deles, porque sabe que, graças a esse fio, estão ligados para sempre, além do tempo e do espaço.

Uma história sobre os vínculos que nos unem a quem mais amamos e sobre a descoberta de que as coisas mais importantes são as que não se veem.

Qual a importância desta história?

  • Ensina-nos que o verdadeiro amor vence o tempo e o espaço;
  • Ajuda-nos a fortalecer o vínculo com aqueles que mais amamos;
  • Acompanha-nos em todas as situações de separação (início do ano letivo, manhãs, dormir sozinho, separações familiares);
  • Apoia-nos no processo de morte e luto por um ente querido.

Uma história sobre os vínculos que nos unem, que tem emocionado milhares de famílias.

Idade recomendada: + 4 anos

quarta-feira, 8 de junho de 2022

A Minha Voz É Linda

 

Texto: Joseph Coelho | Ilustração: Allison Colpoys | Edição: Fábula

 "Tudo está calmo na escola.
Há cartazes novos
nas paredes.

 O meu coração dispara
como um furacão no meu peito,
a minha pele torna-se um rio agitado,
sinto-me assustada e nervosa por dentro.

 Mas de repente...

 A professora Flora irrompe na sala.
É a nossa nova professora.
Viajou pelo mundo inteiro.
As suas roupas são...
uma explosão exuberante de cores esvoaçantes. 

E ela adora poesia. (...)"

Toda a gente tem dentro de si uma voz bonita e poderosa.

Hoje há um recital de poesia na escola.

Uma criança tímida sente-se assustada e nervosa. É que os poemas têm de ser escritos pelos alunos e lidos em voz alta.

Mas eis que surge alguém que a enche de coragem e lhe mostra como todos temos voz própria e o quão bela e poderosa ela pode ser.

Um livro sobre a autoconfiança e a importância de existir quem acredite em nós para sermos capazes de nos afirmar e de manter a nossa singularidade.

Idade recomendada: + 4 anos 

Nas livrarias a partir de 13 de junho!

sexta-feira, 3 de junho de 2022

"Tu és tu!" Peter H. Reynolds

 

Autor: Peter H. Reynolds | Tradução: Carla Maia de Almeida 

Edição: Presença

"Nasceste para SER tantas coisas!

O mais importante - seja qual for o teu caminho - é que tu sejas sempre… Tu!

Prepara-te... para dares o próximo passo que fará de ti um ser humano fantástico.

Tu tens curiosidade - levanta todas as pedras, faz todas as perguntas e continua a cavar fundo.

Descobre as tuas próprias respostas. (...)"

Do mesmo autor de O Menino Que Colecionava Palavras, este livro é uma magnífica celebração da individualidade. Porque todas as crianças são diferentes e cada uma pode ser tudo o que quiser. A força do sonho e da imaginação juntam-se à magia da escrita e da ilustração de Peter H. Reynolds para que cada criança sonhe e imagine… sem limites.

Vive a melhor versão da tua vida!

Idade recomendada: a partir dos 4 anos

quarta-feira, 1 de junho de 2022

1 de junho - Dia Mundial da Criança -2022

 

Realizado pelas crianças do JI Casa do Alto

"As pessoas crescidas têm sempre necessidade de explicações... Nunca compreendem nada sozinhas e é fatigante para as crianças estarem sempre a dar explicações..."
Antoine de Saint - Exupéry - "O Principezinho"

Se Quiseres Voar

Texto: Julie Fogliano | Ilustração: Christian Robinson
Edição: Fábula
 
Se quiseres voar, / dou-te o céu e / o vento a soprar.
Queres voar? De que precisas? Do céu, de uma canção,
de um mapa, de um beijo? Vou dar-te uma ajuda para
concretizares os teus sonhos. E não te esqueças de que
podes sempre voltar!
 

Se Quiseres Voar é um livro poético e inspirador que faz um louvor da infância e do amor incondicional dos pais.
A história evolui no balanço perfeito entre o desejo de aventura, e de experimentar novos voos, e a necessidade de colo, segurança e conforto. Porque todos balançamos, afinal, entre a vontade de ir mais longe e o desejo de regressar onde sempre nos esperam de braços abertos.
 
Já nas livrarias!

segunda-feira, 30 de maio de 2022

"QUERO TANTO ESTAR CONTIGO" de Taro Gomi

 

 Título original はやくあいたいな (Hayaku aitaina)

Autor: Taro Gomi | Tradução: Nuno Quintas | Edição: Orfeu Mini

"Um dia, a Michiko quis ir visitar a avó...

e lá foi ela, toda contente.(...)"

 

Naquele dia, a Michiko acordou e quis ir visitar a avó. 

Nesse mesmo dia, a avó acordou e quis ir ver a Michiko. 

E lá foram elas, todas contentes!

A Michiko apanhou o autocarro e a avó foi de comboio. A Michiko chegou a casa da avó e "Oh, não!". A avó também não queria acreditar. E puseram-se de novo a caminho, a avó de táxi e a Michiko numa carrinha... Será que vão conseguir encontrar-se?


Uma história hilariante, feita de saudades quentinhas 

e da alegria de estarmos juntos.

Já disponível nas livrarias!

sábado, 28 de maio de 2022

O Comboio de Bicicletas

 Texto: Lara Xavier | Ilustração: Ana Granado | Edição: Lilliput

"Olá, eu sou a Sara.

Este é o Francisco. É o meu irmão mais novo, e também o meu único irmão. E aquela senhora a descer as escadas do prédio onde eu moro é a minha mãe. É ela quem me leva à escola todos os dias.(...)

Andar de bicicleta diariamente é, cada vez mais,
uma opção de quem procura um estilo de vida
saudável, consciente e amigo do ambiente. A
mobilidade sustentável não é um devaneio, mas
sim uma necessidade e uma prática quotidiana
em muitos lugares do mundo. Também em
Portugal, as crianças e as famílias têm vindo a
descobrir que andar de bicicleta é fixe e faz bem!
O Comboio de Bicicletas é um sugestivo álbum
para toda a família, que motiva e alerta as novas
gerações para a importância da mobilidade
sustentável, e promove o uso diário da bicicleta. A
narrativa acompanha um grupo de amigos que
pedala todos os dias para a escola, mostrando as
vantagens dessa opção: é bom para o ambiente e
para nos mantermos ativos, e aproxima-nos da
comunidade e do ritmo das estações.
O livro inclui ainda informação fundamental
sobre regras e sinais de trânsito, os cuidados a ter
e a manutenção da bicicleta. Vamos pedalar?

Nas livrarias a 30 de maio.

quarta-feira, 18 de maio de 2022

O Camião das Histórias - Вантажівка Історій

 Edição Bilingue - Português - Ucraniano - Edição especial, maio de 2022

Texto: Rosário Alçada Araújo | Ilustração: Patrícia Furtado

Tradução: Olesya Zaruma Biletska  | Edição: ASA

Edição em Português  
 

O pai vê histórias em todos os lugares. E o menino escuta-as como se tudo tivesse acontecido ali mesmo ao seu lado. Lá vão eles, todas as manhãs, a espalhar magia pela estrada fora dentro de um camião do lixo. Uma casa, um espelho partido, uma planície e até um sapato velho servem de inspiração para recordar histórias que ficarão para sempre no coração do menino. 

Idade recomendada: até 6 anos

terça-feira, 17 de maio de 2022

O Menino que Gostava de Toda a Gente

Texto: Jane Porter | Iustração: Maisie Paradise Shearring

Edição: Fábula

"Era a hora do conto. Todos se mexeram e remexeram até estarem
prontos para o ouvir. O Duarte, que era novo na escola,
encostou a cabeça ao ombro do Luís.
— Gosto de ti, Luís — disse.
O Luís não sabia o que dizer, por isso não disse nada.
A professora começou a contar a história.
Era sobre um dragão, um vulcão e um bule mágico.(...)"
 

Quando dizes às pessoas que gostas delas, elas sentem-no, mesmo que nem sempre o consigas ver. O teu amor espalha-se e cresce em novos sítios. 

Esta é uma história aparentemente simples, mas muito tocante na forma como aborda a difícil arte dos relacionamentos humanos. Como dizer aos outros que gostamos deles? Como fazer novos amigos? Como reagir às palavras e aos gestos de quem se aproxima de nós? 

"O Menino que Gostava de Toda a Gente" é uma história sobre a importância dos pequenos gestos de amor, afeto e acolhimento. Promove a aceitação da diferença, os gestos de bondade e a inteligência emocional.

PRÉMIOS — Distinção da Amnistia Internacional de livro que inspira o ativismo; Little Rebels Award 2020; Finalista do Derby Children’s Picture Book Award 2021.

segunda-feira, 16 de maio de 2022

O QUIOSQUE de Anete Melece

  

Autor: Anete Melece | Orfeu Mini

A Olga é a dona do quiosque mais famoso do bairro. Todos os dias, sorridente, diz olá aos seus fregueses e sabe de cor o que querem. O quiosque é a sua vida.


"O senhor do cão maluco compra o jornal todas as manhãs.

A rapariga de coração partido folheia as revistas à procura de conselhos.

O homem dos óculos escuros lê o horóscopo e compra várias raspadinhas.(...)"


Mas, às vezes, a Olga gostava de sair, viajar e visitar as mais belas praias ao pôr do sol. Certa manhã, uma série de acontecimentos inesperados vira o mundo da Olga literalmente de pernas para o ar... Querem saber o que acontece a seguir?

Este livro baseia-se no filme de animação The Kiosk.

Um álbum inusitado e divertido, que nos inspira a ir ao encontro dos nossos sonhos!


Prémio Peter Pan 2020 | Honra IBBY 2020 | Prémio Orbil de Álbum Ilustrado 2020

quarta-feira, 4 de maio de 2022

Gadunhas

 Texto: Margarida del Mazo | Ilustração: Charlotte Pardi | Edição: OQO

— Eh lá! O Cachucho deitou um foguete!

— Não me chamo Cachucho. Chamo-me

Gadunhas, o que nunca corta as unhas!

– respondeu o bruxo, indignado.

— Não me faças rir. Tu és o Cachucho!

— Estou-te a dizer que não. Sou o Gadunhas!

— Eh lá! O Cachucho deitou um foguete!

— Não me chamo Cachucho. Chamo-me

Gadunhas, o que nunca corta as unhas!

– respondeu o bruxo, indignado.

— Não me faças rir. Tu és o Cachucho!

— Estou-te a dizer que não. Sou o Gadunhas!

Pode parecer estranho, mas estamos perante o início de uma grande amizade: entre um bruxo que caça meninos para a sua despensa e aquela que iria ser a sua próxima vítima. Contudo, a in- teligência da pequena Branca vai evitar que Gadunhas a coma. E mais, vai fazer com que a vida desta personagem que nunca cortava as unhas dê uma volta de 360 graus.

Branca é astuta como uma raposa e esperta como uma coruja. Gadunhas, carecendo destas duas qualidades, é presa fácil para o jogo de confusão que a menina inicia quando, certa noite, o bruxo entra no seu quarto para a devorar.

Branca insistiu, paciente:

— Não sejas caramelo e olha bem para o teu cabelo.

O bruxo tirou o chapéu e, quase a chorar, disse:

— O que é que tem o meu cabelo?
— Qual cabelo? São três ou quatro cabelos… Os cabelos do Bruxo Cachucho!

Riduculizado algumas das suas caraterísticas físicas, às quais Gadunhas nunca antes prestara atenção, Branca consegur que o bruxo duvide da sua identidade – e até de que a possa comer – e acabe por fugir para sua casa, desconsertado e deprimido.

Desta forma, o carrasco passa a ser a vítima. E vice-versa. Não obstante, nem o texto de Margarita del Mazo nem as ilustrações da dinamarquesa Charlotte Pardi nos levam a crer que estamos perante uma história cruel ou triste. Antes pelo contrário. A história destila humor, tanto através dos engenhosos diálogos da habitual colaboradora da OQO, como das divertidas e frescas imagens com que a artista dinamarquesa se estreia na editorial.

«Ri-me às gargalhadas enquanto escrevia esta história. Chorei a rir quando a partilhei com os meus. Quando a comecei a escrever, pensei que estava a fazer uma história para morrer de medo, mas o resultado foi uma história que nos fazia morrer a rir», destaca Margarita del Mazo.

O conto vai mais para além do entretenimento, uma vez que a principal mensagem gira em torno da astúcia, «qualidade que transforma o mais fraco em forte», destaca a escritora, que também considera importante «ver-se de vez em quando ao espelho, para que ninguém seja enganado se lhe disserem que é de outra maneira».

O papel de Charlotte Pardi é muito importante precisamente na aparência física de Gadunhas. A ilustradora reconhece que levou algum tempo a decidir o seu aspeto. «Tinha de provocar algum medo, mas também transmitir doçura”, aponta sobre as dificuldades que enfrentou para criar uma personagem não muito agraciada, nem física nem intelectualmente.

Em contrapartida, admite que foi «fácil» dar vida à menina. A artista costuma inspirar-se em pessoas do seu círculo para criar as personagens. Neste caso, Branca tem muito da sua afilhada, «que é muito divertida e inteligente, a criança perfeita para enganar o Gadunhas!»
Alén disso, idealizou um quarto com um grande número de peluches, para ela não ficar a sós com Gadunhas. Apesar da aparição noturna de um bruxo, Branca permanece, surpreendente- mente, tranquila e segura. São os bonecos – com os seus olhos abertos e a sua atitude exprec- tante – que nos trasmitem um estado de alma mais apropriado e de acordo com a situação.


Deste modo, Charlotte Pardi usou um recurso muito habitual nos mais pequenos: expressar os sentimentos (medos, inseguranças, filias ou fobias) através dos bonecos. Um papel também desempenhado por histórias como esta.

segunda-feira, 2 de maio de 2022

O COLAR MÁGICO

                            Título original: Le Collier Magique           

Texto: Souleymane Mbodj | Ilustração: Magali Attiogbé

 Tradução: Ariana Furtado | Edição: Orfeu Negro

Há muito, muito tempo viveu um feiticeiro chamado Karamoko. Entre os animais corria o rumor de que ele criava um colar que tornaria invencível aquele que o usasse.
 
 
 
A notícia espalhou-se como um caminho de pó na savana, no mato e na floresta, e todos fizeram fila à porta de Karamoko. A hiena, a lebre, o leão e o hipopótamo pediram, exigiram ou ameaçaram. Quem herdará o tão cobiçado gri-gri mágico?

Inspirada na literatura oral africana, nesta fábula contemporânea desfilam vaidades
e medem-se ambições.
Um álbum mágico cheio de cor e humor, com todos
os ingredientes para os mais pequenos: um animado corre-corre de animais,
ao qual não falta uma impressionante montanha de cocó.

domingo, 1 de maio de 2022

Mãe de Anna Llenas

 

Autor: Anna Llenas | Edição: Porto Editora 

"sou a tua casa.

és a minha luz.

sou o teu mar.

és a minha semente. 

és como uma flor.(...)"


Mãe-casa, mãe-refúgio, mãe-mar...
Bebé-semente, bebé-luz, bebé-flor...

Ser mãe é uma das coisas mais maravilhosas que pode acontecer na vida. É uma ligação muito especial com outro ser, que começa na gestação e se mantém para a vida toda. Este livro pretende acompanhar a magnífica experiência que é a gravidez, para que, um dia, possam recordar o que viveram e sentiram.

O livro "Mãe"cujas páginas que acompanham o crescimento da barriga da mãe ...

Idade recomendada: até 6 anos